Luanda mantém-se em cerca sanitária

A província de Luanda mantém-se em cerca nacional até ao dia 8 de Outubro, anunciou, nesta terça-feira, o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

Adão de Almeida, que falava em conferência de imprensa, justificou que a situação epidemiológica da capital do país exige ainda restrições de movimentações, apesar de esclarecer que os diferentes sectores do Estado podem aligeirar o funcionamento desta mesma cerca. Fez saber que a cerca sanitária do município do Cazengo, Cuanza Norte, a partir do dia nove deste mês deixa de existir

leave a reply