Polícia faz um morto ao acudir luta entre irmãos em Malanje

O cidadão que em vida respondeu pelo nome de Jesus Tonga Candeeiro, de 23 anos, foi morto por disparo de arma de fogo, feito por um agente da Polícia Nacional afecto ao comando do município de Malanje, após se pôr em fuga, quando era detido, por ter cometido o crime de agressão física ao seu irmão

Numa altura em que a sociedade chora a morte do médico Sílvio Dala, em circunstâncias suspeitas para a Polícia, de Malanje chega a informação da morte de mais um cidadão por disparo de arma de fogo feito por um agente da Polícia Nacional.

O caso aconteceu no município-sede da província de Malanje, ontem, quando a Polícia foi chamada a intervir para terminar uma confusão entre dois irmãos, resultante do facto de um ter furtado o telefone do outro.

Segundo o porta-voz da Polícia Nacional, em Malanje, inspector João Soares, em entrevista ao jornal OPAÍS, o desentendimento entre os dois irmãos vem desde Domingo, 6, por causa de um telefone que a vítima furtou do irmão mais novo. Na manhã de Segunda-feira, 7…

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply