Presidente do Wiliete defende que executivo assuma testes da COVID-19

O presidente do Wiliete de Benguela, Victorino Vissele, defende que o Exectivo deve assumir os testes de COVID-19 aos clubes quando arrancar o Girabola, Campeonato Nacional de Futebol, provavelmente em Outubro próximo, uma vez que o sorteio ainda não foi feito.

Para o dirigente, o preço dos testes, na ordem de 180 mil kwanzas, não está ao alcance de todos os participantes da festa do desporto-rei em Angola. Segundo o dirigente desportivo, o assunto em questão deve ser minuciosamente analisado antes de …

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply