Campanha de vacinação contra pólio aquém das expectativas em Mbanza Kongo

Sete mil e 317 crianças dos zero aos cinco anos foram imunizadas contra a pólio, de quatro a oito deste mês, no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, durante a primeira campanha integrada, cifra que, segundo o director da Saúde, Nsakala Mpasi Iberto, ficou aquém das expectativas.

A Angop citou aquele responsável  como tendo dito que as autoridades sanitárias previam vacinar cerca de 19 mil e 951 petizes, número não atingido devido à negligência de alguns pais e encarregados de educação, que insistem em não levar as crianças aos postos de vacinação.

Para contrapor a situação, prosseguiu, as autoridades sanitárias no município decidiram prorrogar a campanha para mais quatro dias, para permitir maior cobertura vacinal ao grupo alvo.

“Devido à fraca adesão dos pais e encarregados de educação em dirigirem-se aos postos fixos montados em diversos pontos, as equipas de vacinação foram orientadas, nesses quatro dias adicionados, a irem de porta-a-porta para alcançar a meta preconizada pelo Ministério de Saúde”, explicou.

Informou que, a nível do município sede, foram constituídas 25 equipas compostas por três elementos cada, que vão assegurar a empreitada em zonas urbanas e rurais. Para além da vacina oral e injectável contra a pólio, a campanha integrada está também a imunizar as crianças contra o sarampo, rubéola e a administração da vitamina A.

Numa primeira fase, a campanha decorre em oito das 18 províncias do país, nomeadamente Zaire, Benguela, Bié, Cunene, Cuando Cubango, Huíla, Huambo e Namibe. A última campanha do género no país foi realizada em 2018.

leave a reply