Empresários em Benguela de mãos dadas para “salvar” jardins da cidade

Alguns empresários em Benguela atenderam ao repto lançado pelo Governo Provincial e procedem a trabalhos de requalificação dos jardins. O governo local manifesta-se incapaz devido à falta de recursos financeiros

Para se inverter o quadro degradante de alguns jardins postais da cidade, o governador provincial, Rui Falcão, tinha encabeçado um projecto de sua iniciativa, denominado “Sábado Verde”, consubstanciado em plantação de árvores e limpeza nos jardins das cidades do litoral, designadamente Benguela, a sede capital, Lobito, que até então era chamada de sala de visitas de Angola, Baía-Farta e Catumbela.

Entretanto, ao que consta, desde que o governador deixou de andar pelas artérias a plantar e a podar árvores este projecto parece estar votado ao esquecimento pelos administradores municipais, pois já não se evidenciam sinais desta natureza.

Os empresários Carlos Cardoso e Adérito Areias, respondendo ao repto do Governo Provincial, lançaram- se ao trabalho, auxiliando a administração local na recuperação dos espaços verdes da cidade de Benguela.

POR: Constantino Eduardo, em Benguela

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply