Índia diz que China realiza ‘actividades provocativas’ para aumentar tensões

A China condenou o que considera “travessia ilegal” da Linha de Controlo Real (LAC, na sigla em inglês) pelas tropas de Nova Delhi. A Índia diz que Pequim realiza “actividades provocativas” na região. A China acusou as tropas indianas de violar a fronteira no Leste de Ladakh, na Segunda-feira (7), e disparar tiros de advertência, o que violaria o acordo entre os dois países.

A Índia garante que foi a patrulha chinesa que disparou. “O acto flagrante violou grosseiramente os acordos previamente firmados entre os dois lados e agravou ainda mais as tensões regionais, que podem facilmente levar a malentendidos e julgamentos errados”, afirmou Zhang Shuili, porta-voz do Comando do Teatro Ocidental do Exército de Libertação Popular (ELP) da China, num comunicado nesta Terça-feira (8).

As alegações foram rejeitadas pelo Ministério da Defesa da Índia, que acusou a China de continuar a aumentar as tensões na região dos Himalaias, destacando que o Exército indiano não recorreu a nenhuma acção agressiva e reiterando o compromisso indiano de proteger a soberania nacional.

leave a reply