Jornalistas angolanos formados em jornalismo de investigação no âmbito do combate à corrupção

Um total de 60 jornalistas de todo o país beneficiaram de uma acção formativa realizada pelo Sindicato dos Jornalistas Angolanos, em parceria com a embaixada Americana e a ONG internacional Open Society

Teixeira Cândido, secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA)

Durante os três dias de formação, isto é de 9 a 11 de Setembro, os jornalistas abordaram vários temas relacionados com a sua profissão, com destaque para o jornalismo digital na era da Covid-19, deontologia e ética profissional e o jornalismo de investigação no âmbito do combate à corrupção.

O Secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos disse que a iniciativa é parte de um conjunto de formações levadas a cabo, nos últimos três anos em todo o país, com vista a dinamizar a actividade jornalística em época de confinamento.

Teixeira Cândido explicou que, desde o ano de 2017, o Sindicato dos Jornalistas Angolanos tem vindo a trabalhar na formação dos jornalistas, de forma se cultivar, no seio da classe, a prática do jornalismo online.

POR: João Katombela

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

 

leave a reply