Polícias acusados de violar sexualmente menor de 15 anos

Dois agentes da Polícia nacional (PN) terão violado sexualmente uma adolescente no bairro Catinton, em Luanda, enquanto faziam patrulhamento apeado. Sociólogo considera os últimos episódios envolvendo a Polícia como um problema de Estado que, com o fim da guerra, privilegiou o betão em detrimento do capital humano

Tudo aconteceu por volta das 21 horas de Sexta-feira, 11, quando Joaquina dos Santos (nome fictício) saiu à rua para comprar dragão a pedido dos pais na companhia de mais um adolescente, seu vizinho.

Num dos becos do bairro Catinton, os adolescentes foram interpelados por dois agentes armados. O rapaz conseguiu fugir dos supostos homens da farda azul, mas Joaquina não teve a mesma sorte porque um dos supostos violadores disse que faria disparo caso ela desse mais um passo.

Inicialmente julgou que se tratasse do problema do não uso da máscara já que sua estava colocado a baixo do queixo, mas, para o seu espanto, o agente ordenou-lhe apenas que se calasse e obedecesse tudo “senão quiseres morrer”, o que a adolescente afirma ter cumprido por medo. “Mandou-me tirar o biquíni e levantar a saia. Enquanto ele me violava o outro controlava na ponta do beco se não estava passar ninguém”, disse Joaquina com lágrimas nos olhos.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

O Pais

Deve ver notícias