Antigo ministro das Finanças diz que tendências de corrupção vêm desde o início da Independência

Para Ismael Martins, na década de 70, este mal só não teve sucesso porque o primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto, sempre se mostrou contra as práticas que muito mal fizeram ao país

O antigo Ministro das Finanças, Ismael Martins, revelou, ontem, que a tendência de corrupção vem depois de Angola conquistar a independência, em 1975. Segundo Ismael Martins, o “gosto” pela corrupção não é um fenómeno dos novos tempos. É, frisou, uma tendência maliciosa que se vem arrastando depois de Angola conquistar a independência Nacional em 1975.

Porém, conforme explicou, na década de 70, este mal só não teve sucesso porque o primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto, sempre se mostrou contra essa prática.

Ismael Martins falava em entrevista à Radio Nacional, antena pública, reagindo às ultimas informações obre o envolvimento do nome do primeiro Presidente de Angola ao escândalo financeiro que envolve o empresário Carlos Manuel São Vicente, acusado de ter desviado para Suíça, em benefício próprio, o valor de 900 milhões de dólares.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

O Pais

Deve ver notícias