Mário Fernandes: “No contexto actual é impossível pensar no Nacional de futebol”

A menos de três dias para o retorno das actividades desportivas para federados, o cardiologista e director-geral do Instituto Nacional de Emergência Médica de Angola (INEMA), Mário Fernandes, disse, ontem, à Rádio Cinco, que no contexto actual é impossível pensar no regresso do Girabola, Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão.

Mário Fernandes explicou que no modelo de todos contra todos a duas voltas acarreta muitos encargos económicos. “No modelo de treinamento e de competição igual que tínhamos antes da pandemia da Covid-19 é impossível”.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply