Museu dos Reis do Kongo encerra portas aos visitantes para manutenção do acervo

Trata-se de uma actividade de rotina dos museus, na sequência do aparecimento, no interior do edifício, de alguns insectos não identificados, cujos trabalhos terão a duração de três dias, devendo o mesmo reabrir as portas na próxima Segunda-feira, 28 de Setembro

O museu dos Reis do Kongo localizado na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, vai, a partir de hoje, 23, encerrar as portas aos visitantes para trabalhos de manutenção geral do acervo museológico.

Segundo o responsável do museu dos Reis do Kongo, Luntadila Lunguana, os trabalhos terão a duração de três dias, devendo o mesmo reabrir as portas na próxima Segunda-feira, 28 de Setembro.

Apesar de ser uma actividade de rotina dos museus, Luntadila Lunguana referiu que a manutenção surge na sequência do aparecimento, no interior do edifício, de alguns insectos não identificados e que já roeram duas peças museológicas desta instituição, designadamente um chapéu e um tapete que eram usados pelos soberanos do antigo Reino do Kongo.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

O Pais

Deve ver notícias