Primeiros projectos turísticos na região angolana do Okavango podem ser aprovados este ano

Três empresas que actuam no segmento do eco-turismo, manifestaram já a intenção de investir na região angolana do Okavango, tendo para o efeito submetido as suas Propostas de Investimento à Agência Nacional para a Gestão da região

A região angolana do Okavango tem despertado o interesse de investidores nacionais e estrangeiros. Segundo, o presidente do Conselho de Administração da ANAGERO, Rui Lisboa, o investidor nacional e estrangeiros manifestam particular interesse em investir na área do Bico de Angola, que possui actualmente a maior concentração de vida selvagem, que é o nosso principal activo turístico.

A zona, que acrescida a sua localização perto das fronteiras com a Zâmbia e Namíbia, permitem incluir Angola no roteiro turístico transfronteiriço da iniciativa regional do Okavango Zambeze e, assim atrair para Angola, os turistas internacionais que circulam na região do KAZA, que já é um destino turístico de referência mundial.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

O Pais

Deve ver notícias