Yuri da Cunha define discernimento e sapiência depois dos “4.0”

Yuri da Cunha assinalou com um mega concerto os seus 40 anos de idade, no Casino-Estoril em Lisboa, Portugal. O artista tem 26 anos dedicados à cultura angolana, em particular à música. Depois deste marco, o cantor define discernimento e sapiência para poder levar o que sempre sonhou

Discernimento e sapiência para as acções futuras é o que pretende o músico Yuri da Cunha, depois de ter assinalado 40 anos de idade, 26 deles dedicados exclusivamente à cultura angolana e a música em particular.

Em conversa mantida com este jornal, através da rede social whatsapp, Yuri da Cunha, que se encontra fora do país por conta da pandemia da Covid-19 que assola o mundo, fez saber que apenas o seu corpo e o lado físico estão há vários meses fora da mãe pátria, “mas a alma e o meu pensamento estão em Angola”.

Entretanto, dois momentos especiais marcaram o contacto do artista com a mãe pátria, sendo o primeiro registado no concerto “3G”, em que esteve acompanhado por Bonga e Paulo Flores, inserido na “Live no Cubico da TPA”, e o segundo foi no show “4.0”, assinalando os 40 anos de idade. Sobre cada um deles o artista exprimiu:

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

O Pais

Deve ver notícias