“Vamos apostar em parcerias estratégicas para reforço financeiro da FAN”

“Vamos apostar em parcerias estratégicas para reforço financeiro da FAN”

A candidata da lista A à presidência da Federação Angolana de Natação (FAN), para o quadriénio olímpico 2020/2024, Ana Lima, disse, ontem, ao Jornal O PAIS que é importante existir maior envolvimento do sector privado no desenvolvimento das acções de promoção da modalidade em Angola.

Caso vença as eleições que estão aprazadas para 24 deste mês, Ana Lima revelou que haverá a necessidade de canalizar mais fundos para a criação de infra-estruturas desportivas, formação de treinadores/ monitores de natação para fomentarem a prática da modalidade, bem como apostar no treino adequado para os atletas com potencial de pódio, através de acompanhamento permanente e atribuição de bolsas de treinamento.

A dirigente, que conhece os meandros da natação no país “como pão para comer”, assegurou que a sua lista está alinhada com o Plano Nacional de Desenvolvimento (PDN) no que refere à política desportiva.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.