Presidente quer uma economia de mercado mais eficiente

Com um discurso de esperança, João Lourenço reconheceu que o país precisa de uma economia de mercado mais eficiente, tendo dito que apesar da Covid-19, o Executivo não perdeu o seu foco, que é trabalhar para a revitalização e diversificação da economia

Durante a sua presença na Assembleia Nacional, ontem, na abertura da 4ª legislatura, o Presidente da República começou a sua comunicação abordando temas ligados ao sector económico, demonstrando a importância de que se reveste para o país.

Na ocasião, o Chefe de Estado disse que “reconhecemos a necessidade de se instalar em Angola uma economia de mercado dinâmica e eficiente, o que explica a atenção do Executivo na estabilização macro-económica do país, com incidência na consolidação fiscal”, enfatizou. João Lourenço reforçou que, ultrapassados que foram os défices fiscais, causados pela redução do preço do barril de petróleo no mercado internacional…

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para [email protected] e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

 

 

leave a reply