Exploração petrolífera pode ter novos contratos no segundo semestre de 2021

O presidente da agência nacional de petróleo, Gás e Biocombustíveis, paulino Jerónimo, participou numa sessão da cera- Week inteiramente dedicada a angola, que anualmente reúne em Houston os líderes mundiais do sector energético, foi este ano cancelado devido à covid-19, mas os seus promotores procuraram manter a network activa entre os vários players mundiais através de sessões online transmitidas através das suas plataformas

Nesta sessão, intitulada “Novo upstream em Angola: aumentar a competitividade para reposicionar o futuro”, Paulino Jerónimo lembrou as alterações introduzidas no sector petrolífero nacional no decorrer dos dois últimos anos, por orientação do Presidente da República, avançou o segundo semestre de 2021 como data provável para a assinatura de novos contratos de concessão petrolífera. Assegurou também que, em conjunto com os operadores e os prestadores de serviços, Angola, com a intervenção activa da ANPG, tem estado a dar passos concretos rumo à sustentabilidade da exploração e da produção petrolífera. “Acompanhamos de perto os investidores com operações em Angola, quer os operadores quer os prestadores de serviço. Em 2019 e 2020 assinámos acordos com grupos empreiteiros para os blocos 14, 15, 17 e 18. No bloco 14 avaliámos três áreas de desenvolvimento e, como resultado, vamos perfurar seis novos poços.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!