Maninho quer andebol mais homogéneo

O candidato da lista B à presidência da Federação Angolana de Andebol, José Amaral, defendeu, ontem, na província da Lunda-Sul, a necessidade deste órgão gizar políticas que possam tornar a modalidade mais homogénea, tendo em conta a sua massificação. José Amaral falava num encontro com membros da associação de clubes e agentes desportivos, durante o qual apresentou o seu programa para o período 2020/2024. Referiu existir disparidade entre a prática do andebol na capital do país (Luanda) e nas demais províncias, situação que pretende inverter, caso seja eleito. Promete trabalhar para o crescimento e desenvolvimento do andebol, começando por apoiar, além dos clubes, as escolas já existentes e criar instituições vocacionadas à formação. O objectivo é, entre outros, atrair o maior número de crianças e jovens para a prática do andebol em todo o território nacional.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!