“O 1.º de Agosto é muito respeitado no continente africano”

O antigo treinador do Burkina Faso, agora ao serviço do 1.º de Agosto, Paulo Duarte, disse, no sítio da equipa militar, que o clube central das Forças Armadas Angolanas é muito respeitado em África por mérito próprio. O mesmo defende que seja mais sólida para ter mais êxitos a nível internacional

treinador do 1.º de Agosto, Paulo Duarte, revelou que o clube militar precisa de ganhar alguma estratégia a nível internacional, porque internamente é a melhor de Angola, tendo conquistado, nos últimos quatro anos, igual número de títulos do Girabola, Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão.

Em declarações na página oficial do Facebook do clube, o técnico português explicou que para a equipa abraçar projectos internacionais é importante ser mais sólida, bem como apostar mais na formação: “Que está acontecer claramente e que é um dos projectos do seu presidente, Carlos Hendrick”. O técnico, de 51 anos, reconheceu que a equipa central das Forças Armadas Angolanas é muito respeitada no continente africano, porque, por mérito próprio, chegou há dois anos às meias-finais da Liga dos Clubes Campeões.

“Mas também temos de saber que para ganhar é importante guardar as mais-valias, o equilíbrio de uma equipa vencedora e de uma vendedora é não vender só os melhores elementos. Aliás, é vender e não perder o equilíbrio”, apontou. Paulo Duarte acrescentou que o 1.º de Agosto está a ter este equilíbrio entre venda e conservar, mas tem de ter sempre. Na sua modesta opinião, o 1.º de Agosto é uma equipa que tem bons jogadores, mas precisa de informação táctica.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

O Pais

Deve ver notícias

error: Conteúdo Protegido!