o editorial: Unidos pela vitória

o editorial: Unidos pela vitória

São várias as pessoas que têm dado o melhor nesta fase de pandemia, numa luta sem quartel, em que todos os esforços são poucos na busca de melhores resultados. A lista é tão vasta em que, certamente, cada um, como pode, tem feito o seu trabalho.

Porém, não restam dúvidas de que neste combate existem aqueles que se encontram na linha da frente. Enfrentado o perigo diariamente, a exposição permanente ao vírus ou ainda criando alternativas para que mesmo em período crítico não falte nada aos mais necessitados.

Os médicos, enfermeiros, militares, polícias, pilotos e camionistas figuram neste leque que, em qualquer parte do mundo, se encontram entre os que se afastaram das famílias neste momento derradeiro. Cuidando da saúde dos pacientes, controlando as fronteiras, transportando alimentos para as populações em cerca sanitária, narrando os factos para que não ocorram mais casos ou ainda buscando medicamentos e outros meios.