Cooperativas melhoraram a vida de famílias carenciadas

Cooperativas melhoraram a vida de famílias carenciadas

Sabina Julieta, coordenadora da Cooperativa de Mulheres Empreendedoras do Município de Talatona (Cometa), declarou, ao jornal OPAÍS, que as associações deste género têm potenciado os seus membros de meios que servem para mitigar a problemática da fome e a pobreza no seio das suas famílias.

A nossa interlocutora faz parte de um grupo de 176 cidadãos, entre os quais 125 mulheres e 51 homens, que participaram em formações de “gestão de empresas e cooperativismo” promovido pelo Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU), em Luanda. Sabina Julieta contou que a Cometa, criada à margem desta formação, congrega um número de mulheres costureiras residentes neste município que desenvolviam as suas actividades isoladas, passando, assim, a obter melhores resultados com a produção de máscaras em grande escala.

Explicou que no decorrer da formação sentiu a necessidade de juntar as senhoras e formar a cooperativa. “A formação foi de maior importância, tendo em conta que ajudou a compreender a terminologia do que é a cooperativa e cooperar, e fruto disso foi possível criar a cooperativa Cometa”, frisou.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.