Novo presidente da CIRGL pede cooperação para combater grupos armados

O novo presidente da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos(CIRGL), o Presidente da República de Angola, João Lourenço, pediu “a cooperação dos Estados membros para erradicar os grupos armados”

João Lourenço fez esta afirmação, ontem, depois de Angola assumir, pela segunda vez, a presidência da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos, após ter sido eleita na VIII Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo.

Durante o mandato de Angola, de dois anos, pediu para, também, trabalhar em conjunto para fazer respeitar os acordos de paz concluídos na região e trabalhar para o levantamento das sanções impostas ao Burundi, o embargo de armas imposto à República Centro Africana, bem como o combate à Covid-19.

No seu pronunciamento, o novo presidente da CIRGL destacou os passos positivos que se verificam na melhoria das relações entre o Uganda e o Ruanda, bem como os esforços que estão a ser feitos para a normalização das relações entre o Burundi e o Ruanda.

Afirmou que Angola assume esta responsabilidade num momento marcado por inúmeros desafios, nomeadamente a pandemia da Covid-19, os conflitos que causam instabilidade e a luta comum para o desenvolvimento económico e social.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!