Angola pede consenso nas regras de origem do comércio no continente

Angola pede consenso nas regras de origem do comércio no continente

O secretário do Estado do Comércio, Amadeu Leitão Nunes, defendeu, recentemente, em representação de Angola, a necessidade dos países membros da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA) buscarem o “máximo”consenso nas questões ainda pendentes sobre as regras de origem dos produtos, para o arranque das trocas comerciais a partir do dia 01 de Janeiro de 2021.

O representante de Angola que interveio por vídeoconferência, na Reunião do Conselho de Ministros da Zona de Comercio Livre Continental Africana, disse ser necessário que o consenso chegue, pelo menos, aos 81% das regras de origem, devendo os restantes 9% serem finalizados nos seis meses seguintes de 2021.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.