Banco de Leite com dificuldade de obter reagente de controlo de qualidade

Banco de Leite com dificuldade de obter reagente de controlo de qualidade

O Banco de Leite Humano (BLH) de Angola completou no passado dia 18 do ano em curso um ano de funcionamento, em meio a inúmeras dificuldades, entre as quais a dificuldade de aquisição de reagentes para o controlo da qualidade do leite doado pelas mães voluntárias, revelou, a sua coordenadora, médica Elisa Gaspar.

Stela Cambamba

Elisa Gaspar, que falava para OPAÍS sobre o primeiro aniversário do BLH, afirmou que a sua equipa já procurou no mercado angolano o reagente imprescindível para esta actividade e não encontrou. No entanto, tiveram que recorrer aos seus parceiros filiados à rede de bancos de leite da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.