Carta do Leitor: Escuridão na cidade e arredores

Carta do Leitor: Escuridão na cidade e arredores

Ilustre coordenador do jornal O PAÍS, muito obrigado pela oportunidade nesta edição! Escrevo para dizer que estou descontente com a gestão da província de Luanda. As ruas e arredores da capital angolana estão apagadas por conta de quê, não sei. Do Largo 1º de Maio até à vila de Viana, a escuridão é tanta que até mete medo e dor aos cidadãos.

Então, penso que existe ou há alguma falta de manutenção no que concerne aos postos de iluminação pública. Posto isto, é importante manter os níves e criar condições para que a cidade de Luanda e arredores volte a ser iluminada. Aliás, a escuridão permite que qualquer cidadão faça das suas nas ruas e na periferia de Luanda.

O crime tem muito a ver com as condições sociais de qualquer país, por isso é importante manter os níveis de diálogo com as instituições que conseguem criar diferente das demais. A escuridão que se observa na cidade de Luanda e arredores preocupa qualquer cidadão, porque não faz bem a ninguém e não se explica.

Hungulo Kibona, Luanda