ONU “decepcionada” com resultados da cimeira do G20 sobre dívida e clima

ONU “decepcionada” com resultados da cimeira do G20 sobre dívida e clima

O secretário-geral da ONU, António Guterres, está “decepcionado” com os resultados da cimeira do G20 em relação às questões da dívida e do clima, apesar de se congratular com os compromissos relativamente às vacinas contra a Covid-19. Segundo Stéphane Dujarric, porta-voz da ONU, Guterres mostrou-se “satisfeito” por a cimeira das 20 economias mais industrializadas do mundo, organizada pela Arábia Saudita, ter dado, no comunicado final, um “forte sinal de compromisso” para que as vacinas contra o novo coronavírus constituam um “bem público mundial”. Por outro lado, acrescentou o porta-voz, o secretário-geral das Nações Unidas também se mostrou agradado com as promessas feitas pelo programa mundial de vacinação (Covax) mesmo que o dinheiro demore a chegar.

O programa mundial de vacinação, baptizado como Covax e coliderado pela Gavi (Aliança de Vacinação), ainda necessita de cerca de 4.000 milhões de dólares (cerca de 3.380 milhões de euros) para assegurar uma distribuição
equitativa das vacinas e dos equipamentos médicos. “Sobre a [o alívio da] dívida [aos países mais desfavorecidos], o comunicado final é um passo na direcção certa, mas o secretáriogeral considera-o insuficiente. Guterres teria desejado ver iniciativas mais globais sobre a dívida e sobre a liquidez”, sublinhou Dujarric.