Prevenção ao Abuso Sexual Infantil

Prevenção ao Abuso Sexual Infantil

1. Conversa com a criança sobre as partes íntimas do corpo. Explique sobre as partes íntimas do corpo ensinando-as os nomes e que ninguém pode tocar nessas regiões e nem vê-las, excepto os responsáveis quando forem dar banho ou trocar de roupa.

2. Explique a criança sobre os limites do corpo. Ensina a criança a não permitir que toquem as suas partes íntimas e que ela não toque nas partes íntimas de outras pessoas sejam conhecidas ou desconhecidas.

3. Não deixa a criança sozinha em casa ou em qualquer lugar quando os adultos forem sair. Escolha sempre deixar a criança em um lugar seguro onde a mesma se sinta confortável.

4. Conheça os lugares e com quem a criança brinca. Delimita os espaços das brincadeiras. Busque conversar com a criança sobre os lugares que são permitidos brincar e nunca a perca de vista.

5. Alerta a criança a não receber presentes de pessoas estranhas. Para atrair a criança os abusadores tendem a oferecer itens como: Brinquedos, bolachas, sambapitos, dinheiro ou ainda itens não listados.

6. Estimula a criança a falar sobre como foi o seu dia. Procure elogiar o seu filho(a) quando os seus actos são louváveis. Ao errar fale com delicadeza sem gritar, corrija de maneira que não quebre a confiança da criança.

7. Atenta-se as reacções da criança. Se a criança demonstrar não ir com a cara de alguém, ou não demonstrar afeição por alguém próximo, que na prática deveria desenvolver afecto, busca entender o motivo.