Destruição de mangais no Zaire com danos de cerca de USD 3 milhões/ano

Destruição de mangais no Zaire com danos de cerca de USD 3 milhões/ano

Os danos ambientais causados pela destruição de cerca de 50 hectares de mangais no município do N’Zeto, província do Zaire, causa anualmente prejuízos económicos avaliados em cerca de USD 3 milhões, segundo um estudo apresentado, ontem, em Luanda, pelo projecto Otchiva, que se dedica à conservação desta espécie.

Segundo a avaliação feita, por cada hectare de mangal degradado, as comunidades residentes nestas áreas e os grandes embarcadouros, por exemplo, perdem 11 Kg de mariscos e 4,5 kg de pescado.

“Estamos a falar de perdas gigantescas num hectare, agora imaginem em 50 hectares que estão degradados no N’Zeto”, questiona a coordenadora da Otchiva, Fernanda Reneé.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.