MPLA diz que acabou a era de tolerância à corrupção e à impunidade

MPLA diz que acabou a era de tolerância à corrupção e à impunidade
A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, disse, ontem, em Luanda, que acabou a era de tolerância à corrupção, à impunidade e ao nepotismo, compromisso que o partido assumiu com os angolanos na decorrência das eleições legislativas de 2017.
Luísa Damião, que falava no acto de abertura das jornadas comemorativas do 64.º aniversário do seu partido, explicou que os comportamentos e atitudes negativas que foram acontecendo em relação à delapidação do erário são contrários aos princípios e valores constantes nos estatutos e programa do MPLA.
Neste percurso de vicissitudes e de glórias que marcaram os 64 anos de existência do partido, Luísa Damião frisou que a sua organização tem tido a humildade de reconhecer que realizou boas obras e que fez, igualmente, coisas menos conseguidas, pelo que, frisou, “não é por mero acaso que assumimos o lema, MPLA- “Melhorar o que está bem e corrigir o que está mal”.
Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.