Juan Carlos quer regularizar meio milhão de euros para evitar acusação criminal

Juan Carlos quer regularizar meio milhão de euros para evitar acusação criminal

Ex-Rei de Espanha a viver no exílio está a ser investigado em três processos e um deles envolve 100 milhões de dólares que doou à sua amante

Juan Carlos I, rei emérito de Espanha, de 82 anos, está a tentar regularizar cerca de 500 mil euros de fundos estrangeiros que alegadamente utilizou entre 2016 e 2018, altura em que já não estava protegido pela imunidade do cargo. Recorde-se que Juan Carlos, que hoje vive no exílio nos Emirados Árabes Unidos, abdicou do trono em 2014 em favor do filho, Filipe IV, actual rei de Espanha. A investigação às receitas não declaradas do rei emérito provou, segundo fontes legais citadas pelo diário “El País”, que Juan Carlos possui despesas em nome de um empresário mexicano que ultrapassam meio milhão de euros em três anos. Em pelo menos dois desses anos, o rei emérito teria cometido infrações fiscais.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra