Venda livre de casas em centralidades de Benguela arranca 2021

Venda livre de casas em centralidades de Benguela arranca 2021

A venda livre das habitações nas centralidades do Lobito, Luhongo e Baía-Farta deve arrancar no princípio de 2021, anunciou, recentemente, em Benguela, a secretária de estado para ordenamento do Território, Ana Paula de Carvalho, sem precisar o mês

A governante afirmou que estão em estudo as modalidades de acesso e procede-se também ao ajuste de preços das residências, salientando ser pretensão do Governo que determinados cenários como os que ocorreram com a modalidade de inscrição via online, na capital do país, não se voltem acontecer. Ana Paula de Carvalho disse que se estará a estudar a modalidade que melhor se adeque, para não se correr o risco de tanta gente se inscrever e, no final das contas, o número de casas disponíveis ficar muito aquém do desejado. De acordo com a secretária de Estado, uma outra questão que estará, igualmente, a condicionar a venda das habitações em centralidades está relacionada com o ajuste de preços de que as habitações estão a sofrer.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.