Carta ao leitor:Escuridão na cidade de Luanda e arredores…

Carta ao leitor:Escuridão na cidade de Luanda e arredores…

Caro coordenador do jornal O PAÍS, saudações! Nos últimos tempos, por ser leitor assíduo do vosso título, tenho notado, neste espaço, reclamções sobre a escuridão na cidade de Luanda e arredores… Isto, sem dúvidas, é um facto, basta passar pelo Largo da Independência e chegar até à ponte do 25, no município de Viana. Depois, pode-se ver a via que liga o Cassequel, Rocha Pinto até ao Morro Bento, há zonas acesas e apagadas. Na Via Expressa, o cenário é de trevas. No Zango I,II, III e IV é um desastre. Em Cacuaco o cenário é o mesmo. Para não citar outros pontos da província de Luanda, a capital do país. Não se sabe ao certo o que se está a passar. Perante este cenário de escuridão, os bandidos é que ganham, pois basta cair a noite que eles fazem das suas. Uma pergunta fica no ar: de quem é a responsabilidade da iluminação pública? O Governo de Luanda ou as administrações municipais?

Por:Terêncio Menha