Executivo altera medidas e Natal domiciliar com apenas 15 pessoas

Executivo altera medidas e Natal domiciliar com apenas 15 pessoas

Adão de Almeida, que falava em conferência de imprensa, ontem, no CIAM, sobre as novas medidas do Decreto Presidencial, disse que vão vigorar a partir da meia-noite de amanhã (Sábado), com algumas alterações, devido os números de casos registados nos últimos 15 dias.

O governante informou que as medidas de protecção individual mantêm-se, mas no caso da das celebrações domiciliares de Natal e Ano Novo são permitidas até ao máximo 15 pessoas.

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, fez saber que a cerca sanitária da província de Luanda vai manter por mais 30 dias, mas as entradas e saídas de camionistas com bens essenciais para a quadra festiva vão ser facilitadas, com testes gratuitos, prevendo-se também voos diários para Cabinda. Entretanto, contou que a cerca sanitária de Luanda vai manterse, até ao dia 10 de Janeiro para a contenção do vírus.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.