Peculato e abuso do poder leva ex-administrador de Cacolo à cadeia

Peculato e abuso do poder leva ex-administrador de Cacolo à cadeia

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), na LundaSul, deteve ontem, Quinta-feira, o actual secretário-geral do Governo da LundaSul, Nelson Esperança Daniel, que foi constituído arguido pelo agente do Ministério Público desta instituição e indiciado pelos crimes de peculato, concorrido com abuso do poder, tráfico de influência, branqueamento de capitais e violação de regras de execução do orçamento, praticados quando exercia as funções de administrador municipal de Cacolo.

Por existir fortes indícios de cometimento do referido crime, segundo apurou OPAÍS, foi-lhe aplicada a medida de coação pessoal mais gravosa, de prisão preventiva, tendo sido conduzido às cadeias do Luzia, onde cumprirá a privação de liberdade enquanto o processo-crime corre seus trâmites legais.