País conta com 26 instituições financeiras bancárias, sendo maioritariamente privadas nacionais

País conta com 26 instituições financeiras bancárias, sendo maioritariamente privadas nacionais

Segundo o dirigente, o sistema financeiro desempenha um papel crucial na promoção do crescimento económico sustentável que traz o aumento dos padrões de vida e a redução da pobreza, intermediação financeira, considerada como a “espinha dorsal” da economia moderna, consiste na captação de poupança e a sua canalização para os investidores, função realizada por instituições financeiras que assumem, assim, um papel dinamizador do processo de investimento por actuarem como fornecedores de crédito.

Para José de Lima Massano, a crise financeira de 2008 serviu para salientar, mais uma vez, as fragilidades no sistema financeiro, inadequada regulamentação e supervisão e as consequências severas para a economia quando o sistema financeiro falha, ressaltando que o sector bancário registou um crescimento exponencial até 2017 e, actualmente, encontram-se em actividade 26 IFB, sendo maioritariamente privadas nacionais.

Deste número, 17 são bancos privados nacionais, três são bancos públicos, cinco são filiais de bancos estrangeiros e uma sucursal. No que diz respeito às Instituições não financeiras, Casa de Câmbio (63), Microcrédito (19), Remessas (SPSP) 12, Cooperativas de Crédito (1).

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.