Altos níveis de captura de pescado em Luanda pode abrir portas à exportação

Altos níveis de captura de pescado em Luanda pode abrir portas à exportação

O presidente da Associação de Pesca Artesanal, Semiindustrial e Industrial de Luanda (APASIL), Manuel Bernardo Azevedo, referiu que as capturas de pescado na província estão satisfatórias e o preço do produto reduziu. Daí, a necessidade de pensar em algum mecanismo para congelar ou processar o excedente. “Estamos a trabalhar com algumas cooperactivas organizadas que estão a receber financiamento, de modo a apetrecharem as unidades fabris e criarem condições para processarem o excedente de peixe e posteriormente comercializar”, disse.

O empresário acredita que a exportação pode resolver o excedente do produto, mas é necessário apostar em portos pesqueiros para melhor controlo do embarque, desembarque e atracagem.

O surgimento de centros de apoio à pesca artesanal também iria permitir actualizar as estatísticas em termos de captura de pescado, tempo de venda e uma maior atenção no sector.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.