SODIAM recebe propostas de interesse de grandes empresas de licitações para a bolsa de Angola

SODIAM recebe propostas de interesse de grandes empresas de licitações para a bolsa de Angola

O ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, afirmou que “existem actualmente em Angola 14 minas operacionais e o volume total da produção diamantífera em 2019 foi de 9,086 milhões de quilates, avaliados em USD 1.263 milhões”.

Um dos principais objectivos da Bolsa de Diamantes de Angola é o de concentrar esse enorme fluxo de diamantes sob o mesmo tecto. “Entendemos que uma parte destes diamantes poderão ser vendidos por via de leilões/licitações. A SODIAM está a auscultar junto de prestadores deste tipo de serviços para maximizar o resultado da nossa produção e obter os melhores resultados possíveis”, garantiu o governante.A iniciativa é coordenada pela SODIAM EP e pelo consultor e coordenador técnico para a Bolsa de Diamantes, Peter Meeus.

“Recebemos propostas de interesse da Bonas-Couzyn NV, First Elements DTC (Pty) Ltd., IHenning & Co. Ltd, Koin International DMCC e Trans Atlantic GEM Sales DMCC, e estamos neste momento a analisar quais os serviços que se adequam melhor às necessidades da indústria diamantífera angolana, de acordo a legislação vigente  no país”, afirmou Peter Meeus.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.