Clima de instabilidade na região de Kassai trava retorno de refugiados da RDC alojados em Angola

Clima de instabilidade na região de Kassai trava retorno de refugiados da RDC alojados em Angola

Neusa Filipe

O clima de incertezas e instabilidade na região de Kassai, na República Democrática do Congo, está a desmotivar o regresso de refugiados deste país alojados em Angola, deu a conhecer, ao OPAÍS, o responsável pela comunicação e relatórios do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) no Lôvua, Omotola Akindipe.

De acordo com o responsável, actualmente, vivem no assentamento do Município do Lôvua, província da Lunda-Norte, cerca de seis mil 509 refugiados. Deste número, aproximadamente 800 haviam manifestado a intenção de retornar à República Democrática do Congo (RDC).

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.