Cidadão mata a esposa por ciúmes e suicida-se

Cidadão mata a esposa por ciúmes  e suicida-se

Laurinda Domingos Jorge, de 23 anos, foi encontrada morta, juntamente com o esposo, identificado apenas por Julião, de 24 anos, após ter regressado a casa deste para ajustarem a relação que estava em crise, por questões de ciúmes. Apesar de vários indicativos que o esposo mostrava à família, da sua predisposição em agredir a mulher, não foi possível evitar o pior, no Bairro Huambo, em Luanda

As lágrimas não foram contidas por Esperança Domingos, irmã mais velha da vítima, para quem o acusado considerava praticamente como sogra. A mesma culpa-se de ter entregado a irmã a um “monstro” para a matar.

Esperança contou, ao jornal OPAÍS, que, na Quinta-feira, 17, o genro terá deixado recado em casa da sogra (esta que estava ausente) que iria aparecer no Domingo, 20, para uma sentada familiar. Embora a sogra não tivesse conhecimento das razões da sentada, mostrou-se disponível para tal.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.