Imigrantes africanos em Angola lutam para manter empregos e negócios

Imigrantes africanos em Angola lutam para manter empregos e negócios

Zuleide de Carvalho

Dados do inquérito feito na capital do país, no final do último mês, foram divulgados na segunda edição do Relatório Sobre a Situação dos Imigrantes e Refugiados, destacandose a crise, mas também alguns preconceitos.

João Malavindele, director executivo da Omunga, enquadrou a sessão no projecto “Documentos para Todos”, particularmente, na campanha “Somos Todos Migrantes”, que busca mais dignidade para esta franja social em Angola, ambos financiados pela União Europeia.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.