Carta do leitor: Medidas e desmedidas no Natal

Carta do leitor: Medidas e desmedidas no Natal

Prezados

Agradeço pela oportunidade que me é concedida. Luanda, a cidade de todos mas também onde, infelizmente, se observam os maiores incumpridores no que concerne às medidas de segurança e protecção na luta contra a Covid-19.

A Comissão Multissectorial, apelou várias vezes à consciência dos cidadãos para que respeitassem as medidas de biossegurança para o controlo da propagação da Covid-19, e ainda assim, tristemente, observamos nos nossos bairros periféricos da cidade de Luanda muitos incumpridores, que deviam ser severamente punidos. Depois de muitos apelos aos angolanos para o cumprimento das medidas sanitárias, ainda assim observamos problemas de consciencialização acima da dimensão do problema que estamos a enfrentar.

O resultado da leviandade das pessoas, infelizmente, tem influenciado, negativamente, o controlo da pandemia. Muito se fala em todas as plataformas de informação sobre o perigo, mas o que se vê é, na realidade, o inverso por parte da população. Basta ver em táxis, mercados, transportes públicos, bares etc, até mesmo só o uso da máscara, não existe e se existe usa-se irregularmente. Já não sei e nem estou a entender nada. Só acredito que o melhor mesmo é olharmos em nós mesmos e nos monitorarmos uns aos outros.

Até mesmo o uso de máscara facial é ignorado. Só mesmo Deus é que nos tem cuidado. Mesmo com tanto esforço do Executivo ainda observamos desculpas de muitos cidadão que deixam muito a desejar no que diz respeito até mesmo só ao uso de máscara caseira. O resultado da leviandade das pessoas deve ser vista e analisada de outra forma, porque a notícia das vacinas que o país está por receber tem levado muita gente a entender que a erradicação da Covid- 19 está para breve.

Será que aqui mesmo é só com chicote? Uma chamada de atenção aos responsáveis das forças de defesa e segurança, para que apertem também a sua vigilância aos efectivos, para que alguns deles não manchem o excelente trabalho que têm vindo a executar