“Rei” Artur reeleito mas impedido de tomar posse

“Rei” Artur reeleito mas impedido de tomar posse

Uma providência cautelar emitida pelo Tribunal Provincial de Luanda, impede o presidente reeleito na Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur de Almeida e Silva, de tomar posse. Em causa está uma denúncia do candidato excluído da corrida à presidência do organismo pela Comissão Eleitoral (CE), Norberto de Castro.

O documento, enviado ao tribunal da capital pelo proprietário de uma Escola Académica e Desportiva, dá conta de irregularidades nos procedimentos do presidente reeleito e da CE. Norberto de Castro evoca dualidade de critérios na análise dos casos das listas concorrentes, além de um suposto uso das verbas atribuídas pela FIFA para fi ns de campanha. O Tribunal volta a ouvir as testemunhas no dia 15 de Janeiro