Eça de Queiroz e a abertura do canal de Suez

Eça de Queiroz e a abertura do canal de Suez

A Academia de Cinema dos Estados unidos rejeitou a candidatura portuguesa do fi lme “Listen”, de Ana Rocha de Sousa, à nomeação para Melhor Filme Internacional, levando a Academia Portuguesa de Cinema a abrir novo processo de selecção dos ecrãs IMAX

Maria Filomena Mónica escreve sobre o repórter Eça de Queiroz na abertura do Canal do Suez A 23 de Outubro de 1869, acompanhado pelo conde de Resende, Eça de Queiroz partia em grande estilo rumo a Alexandria. Resende levava um cartão-de-visita, identifi cando-o como “le comte de Resende, grand amiral du Portugal”; Eça um passaporte diplomático, que dizia ser ele “um encarregado de negócios” (isto é, portador de correspondência diplomática). A 17 de Novembro, já se encontravam no Suez.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.