Bolsas de Estudo em países africanos entre a suspensão e a extinção

Bolsas de Estudo em países africanos entre a suspensão e a extinção

Alberto Bambi

O director do Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) revelou ao jornal OPAÍS que a sua instituição teve de incluir a Argélia dentro de um pacote de bolsas que estão suspensas, pelo facto de, financeiramente, não ser muito possível avançarem com tal provimento. “A cooperação com a Argélia vem de longa data.

Anualmente, este país nos apresenta 67 novas bolsas. Prevê-se, num futuro próximo, voltarmos a reactivar todos esses pacotes de cooperação, onde não há muito encargo da parte angolana”, explicou o director.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.