“Combate à corrupção deve envolver os cidadãos”

Domingos Bento

Acaba de lançar a obra “Corrupção em Angola”, um tema que constitui a agenda do actual sistema governativo. É a sua contribuição neste processo complexo enquanto cidadão? Até certo ponto, sim. Como sabe, a corrupção representa, actualmente, a bandeira da nova equipa de governação. O partido no poder escolheu, entre várias políticas, o combate à corrupção. Penso que ninguém quer a corrupção, certo?

Então, aproveitamos esta oportunidade para trazer a nossa proposta em forma de livro, contra um mal que afecta a todos nós e adiou o sonho de muitos jovens de ter emprego, casa própria, aumentou a pobreza nas famílias e agudizou a taxa de mortalidade e natalidade.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.