Segunda vaga da Covid-19 trava Sagrada Esperança da Lunda-Norte

Segunda vaga da Covid-19 trava Sagrada Esperança da Lunda-Norte

A segunda vaga da Covid-19, que afecta a Africa do Sul, Inglaterra e a Austrália, impediram a marcha do Sagrada Esperança da LundaNorte na Taça da Confederação. Os lundas não viajaram para a África do Sul, onde jogariam com o Orlando Pirates, em jogo da segunda mão de acesso à prova.

Em comunicado, a direcção da equipa lunda lamenta o sucedido e espera que os adeptos compreendam, porque foi para salvaguardar um bem maior, a vida. Aliás, o Governo angolano suspendeu, preventivamente, as ligações aéreas, marítimas e terrestres com a pátria de Nelson Mandela.

Ainda assim, nos próximos tempos, fora do contexto sanitário vigente, a direcção reitera que estarão em condições de regressar às competições africanas. O Sagrada Esperança da Lunda Norte, na primeira mão, perdeu por uma bola sem resposta, em Luanda, num jogo em que a equipa angolana esteve aquém das expectativas.