LIMA defende formação contínua das mulheres em matéria de autarquias

LIMA defende formação contínua das mulheres em matéria de autarquias

A presidente da Liga da Mulher Angola (LIMA), Helena Bonguela, disse em entrevista ao jornal OPAÍS, que um dos principais objectivos que estarão patentes na agenda de trabalho da sua organização para este ano de 2021, será promover e sensibilizar as mulheres, quer partidárias ou não, a participarem de forma activa no processo das Eleições Autárquicas que o país pretende realizar.

Helena Bonguela afirmou que num ano como este, em que se pretende preparar ou realizar as primeiras Eleições Autárquicas no país, as mulheres não devem ser postas de lado, deve-se olhar com maior atenção e sem descriminação para o papel que elas desempenham na sociedade, sem descuidar aquelas que se encontram nas zonas rurais.

Ainda no leque de acções reservadas para o corrente ano, a responsável fez saber que a LIMA pretende trabalhar em causas como o combate à violência doméstica, sensibilizar a jovem mulher e a aposta na formação académica.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.