Democratas pressionam por segundo impeachment de Trump, apoio republicano é incerto

Democratas pressionam por segundo impeachment de Trump, apoio republicano é incerto

Os esforços liderados pelos democratas para destituir o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pela segunda vez histórica, ganharam força no fim de semana, embora pareça longe de ser certo se um número suficiente de republicanos apoiaria a medida faltando apenas alguns dias para o fim do seu mandato.

Membros democratas da Câmara dos Representantes apresentarão artigos de impeachment na Segunda-feira, depois que Trump encorajou os seus partidários a invadir o Capitólio dos EUA na Quarta-feira, disse o representante Ted Lieu no Twitter.

O democrata da Califórnia, que ajudou a redigir as acusações, disse que os artigos atraíram 190 co-patrocinadores até a noite de Sábado. Na tarde de Sábado, nenhum republicano havia assinado, disse a porta-voz de Lieu.

“Temos vídeos do discurso em que (Trump) incita a turbulência. Temos vídeos da multidão a atacar violentamente o Capitólio. Esta não é uma decisão próxima”, escreveu Lieu no seu Twitter na noite de Sábado.

Trump inicialmente elogiou os seus apoiantes no Capitólio, mas depois condenou a sua violência num vídeo. A decisão de pedir calma veio a pedido de assessores seniores, alguns argumentando que ele poderia ser destituído do cargo ou sofrer responsabilidade legal, disseram fontes à Reuters.