Lukashenko diz que a Bielorrússia deve elaborar uma reforma constitucional até ao final de 2021

Lukashenko diz que a Bielorrússia deve elaborar uma reforma constitucional até ao final de 2021

O Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, disse que as reformas constitucionais seriam elaboradas até ao final do ano e submetidas a um referendo nacional, informou a agência de notícias RIA, no Domingo.

A Bielorrússia tem sido abalada por protestos desde a eleição presidencial de 09 de Agosto, marcada por alegações de fraude eleitoral. Lukashenko, no poder desde 1994, rejeitou as críticas enquanto presidia uma violenta repressão na ex-república soviética.

Enfrentando a maior crise política do seu governo, ele propôs reformas constitucionais, uma iniciativa apoiada pela tradicional aliada Rússia, mas que os seus críticos descartam como uma táctica paralisante para ajudá-lo a superar os distúrbios. As propostas têm poucos detalhes, mas em comentários ao russo canal Rossiya-1, Lukashenko disse acreditar que as reformas seriam elaboradas ao longo do ano.

“… Acho que o rascunho da nova constituição estará pronto no final deste ano. E então as pessoas irão determinar num referendo se deve haver uma nova constituição ou não ”, disse ele, citado pela RIA.

A data do referendo será anunciada em reunião da Assembleia Nacional, que se deverá reunir nos dias 11 e 12 de Fevereiro, afirmou.

Lukashenko disse em Novembro que deixaria o cargo de Presidente assim que uma nova constituição fosse adoptada.