Novos casos de Coronavírus na China dobram, principalmente, na província de Hebei

Novos casos de Coronavírus na China dobram, principalmente, na província de Hebei

A China continental registou 69 casos em 09 de Janeiro, em comparação com 33 registados no dia anterior, informou a autoridade nacional de saúde do país, no Domingo.

A nova regra para viagens de táxi segue a descoberta no Sábado de que um motorista que pedia boleia em Pequim era portador assintomático do novo coronavírus, disse a autoridade de saúde da cidade Pang Xinghuo à mídia.

Desde 01 de Janeiro, 96 motoristas num aplicativo de pedido de boleia Didi foram multados num total de USD 154.440 por implementar indevidamente medidas de prevenção do coronavírus, como usar uma máscara, disse Rong Jun, funcionário de transporte da cidade de Pequim.

Ao longo da pandemia, a China continental relatou um total de 87.433 casos confirmados de coronavírus, com 4.634 mortes. No seu boletim diário, a Comissão Nacional de Saúde informou que 21 dos novos casos foram importados.

A maioria dos casos transmitidos localmente, 46 de 48, ocorreu em Hebei, a província ao redor de Pequim que entrou num “modo de guerra” esta semana para conter o aumento das infecções. A China relatou 27 casos assintomáticos em 09 de Janeiro, ante 38 no dia anterior. A China não classifica esses pacientes, que foram infectados pelo vírus SARSCoV- 2 causador da doença, mas não apresentam sintomas de Covid- 19, como casos confirmados.

Hebei concluiu o teste de todas as 13 milhões de pessoas nas principais cidades de Shijiazhuang e Xingtai, disse um oficial da província numa entrevista colectiva, no Domingo.

Shijiazhuang, a capital da província, está bloqueada e pessoas e veículos estão proibidos de deixar a cidade. O transporte público também foi interrompido.

Separadamente, 5,79 milhões de pessoas em albergues escolares e prisões receberam testes de coronavírus e nenhum foi considerado positivo, acrescentou o funcionário da província.