Últimas 24 horas com 953 recuperados, quatro mortes e 61 infectados de Covid-19

Últimas 24 horas com 953 recuperados, quatro mortes e 61 infectados de Covid-19

A ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta, que falava na habitual actualização diária do balanço sobre a situação epidemiológica no país, no CIAM, informou que foram confirmados, nas últimas 24 hora, 61 casos de Covid-19, com quatro mortes e 953 recuperados, o maior número de recuperações desde o início da pandemia. Nos infectados constam 32 do sexo masculino e 29 do género feminino, com idades compreendidas entre um e 81 anos, dos quais 27 da província de Luanda, 13 do Huambo, seis do Zaire, igual número do Cuanza-Sul, quatro do Bié, dois do Moxico e Lunda-Sul, respectivamente e um da Lunda-Norte.

Mais quatro pessoas perderam a vida ontem, em consequência da Covid-19. Trata-se de cidadãos angolanos dois do sexo masculino e dois do feminino, com idades entre 53 e 71 anos, com comorbilidades de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Entre os mortos constam dois da província de Luanda, um do Huambo, igual número da Lunda-Norte.

Entretanto, conseguiram recuperar 953 pessoas, com idades entre cinco meses e 70 anos, das quais 765 da província de Luanda, 70 de Cabinda, 50 do Cuanza-Norte, 36 do Zaire, 17 do CuanzaSul, 10 do Huambo, três do Bié e dois do Moxico. Com a alteração dos dados, o país passa a ter 18.254 casos positivos de Covid-19, com 420 óbitos, 14.825 recuperados e 3.009 casos activos. Dos activos, nove estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, oito em estado grave, 84 moderados, 97 com sintomas leves e 2.811 assintomáticos.

825 amostras processadas nas últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas, foram processadas 825 amostras à base de biologia molecular por RT-PCR, das quais 61 positivas e 764 negativas, com uma taxa de positividade 7.4 por cento. O total de amostras recebidas até agora pelo laboratório de biologia molecular por RT-PCR é de 324.292, dos quais 18.254 são positivas e 306.038 negativas, com uma taxa de positividade de 5.6 por cento. Por outro lado, nas últimas 24 horas, três pessoas receberam alta de quarentena institucional, na província do Namibe. O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu, no período em referência, 41 chamadas, todas a solicitar informação sobre a Covid-19.